Notícias sobre Jogos: Alemanha é preferida na Rússia, Brasil vem em segundo.

Uma análise dos economistas do gabinete chefe de investimentos do UBS Global Wealth Management apontou que a Alemanha é a grande favorita para conquistar a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. De acordo com os profissionais, a seleção alemã possui 24% de chances de conquistar o pentacampeonato mundial. Na sequência, vem o Brasil, com 19,8% de possibilidade, e a Espanha, na terceira colocação, com 16,1%.
Os economistas mediram as chances de títulos de cada seleção através de ferramentas econométricas, que normalmente são usadas para avaliar oportunidades de investimentos.

De acordo com a análise, a Rússia, seleção anfitriã, possui apenas 1,6% de chance de conquistar o Mundial e, segundo os economistas, apesar do país estar em "grupo mais fácil", os donos da casa deverão perder nas oitavas de finais para Portugal ou Espanha.
Entre outras seleções, a Inglaterra foi a quarta nação que alcançou a maior porcentagem, com 8,5%, seguida por França (7,3%), Bélgica (5,3%) e Argentina (4,9%).
Já as seleções do Panamá, Arábia Saudita, Costa Rica, Tunísia e Egito tiveram probabilidade zero de vencer o Mundial.
Sobre os gastos da Rússia com a Copa do Mundo, os economistas explicaram que a quantia investida para organizar o evento, que foi "igual a 0,7%" do Produto Interno Bruto (PIB), "não deverá dar um impulso significativo à economia do país".
A Copa do Mundo começará no dia 14 de junho, com a partida entre Rússia e Arábia Saudita, em Moscou.
página do jogo do bicho